Cotonicultores consideram positivo o Plano Safra 2019/2020

Pelo menos duas das mais importantes reivindicações dos cotonicultores brasileiros ao Governo Federal foram contempladas no Plano Safra 2019/2020, apresentado nesta terça-feira (18) em solenidade conduzida pelo presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, no Palácio do Planalto: emissão de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) e Certificado de Crédito do Agronegócio (CDCA) em moeda estrangeira, com correção cambial no exterior, além do Patrimônio de Afetação, que dá ao produtor a possibilidade de fracionar o bem dado como garantia na contratação de crédito nos financiamentos agropecuários. Os representantes da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), consideraram que o Plano Safra avançou em pontos importantes, como na ampliação de fontes de financiamento, e ao contemplar simultaneamente os pequenos, médios e grandes agricultores. Estiveram presentes na solenidade, representando o setor algodoeiro, o vice-presidente da Abrapa e presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Júlio Cézar Busato, e os presidentes da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (AMPA), Alexandre Schenkel, e da Associação Goiana dos Produtores de Algodão (Agopa), Carlos Alberto Moresco, além do diretor executivo da entidade nacional, Marcio Portocarrero.

O Plano Safra disponibilizou R$222,74 bilhões em crédito, sendo R$169,33 para custeio, comercialização e industrialização, e R$53,41 para investimento. Além do presidente Jair Bolsonaro, estavam na cerimônia o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, os ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e da Economia, respectivamente, Tereza Cristina e Paulo Guedes, além do secretário de Política Agrícola do Mapa, Eduardo Marques, e do presidente da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), Marcio Lopes de Freitas.

De acordo com o vice-presidente da Abrapa, Júlio Cézar Busato, o referenciamento em moeda estrangeira dos títulos do agronegócio é um grande avanço. “Teremos o título em moeda estrangeira, para negociar com fundos e traders, ampliando as possibilidades de recursos para custeio e investimento”, explica Busato. Uma das grandes inovações do Plano Safra, segundo Busato, foi o Patrimônio de Afetação. “Antes, para conseguir um financiamento, o produtor tinha que comprometer todo o seu patrimônio como garantia, mesmo que o valor do bem fosse muito maior do que o recurso tomado. Dessa forma, o acesso ao crédito é ampliado”, diz.

O aumento de um ponto percentual na taxa de juros, que passou de 7% no Plano Safra 2018/2019, para 8%, no de 2019/2020, não foi visto como um problema pelos cotonicultores. “Incremento na taxa de juros decorre da situação econômica do país.

Precisamos de disponibilidade e agilidade no fornecimento dos recursos Apesar de ser um custo financeiro alto, considerando a rentabilidade do negócio atualmente, esse incremento na taxa não é tão relevante, desde que o Governo se comprometa a garantir mais recursos e levar dinheiro para o seguro rural que é importante para o pequeno, médio e grande produtor”, disse Júlio Busato. As taxas de juros para os pequenos produtores (Pronaf) vão variar de 3% a 4,6% ao ano e de 6% ao ano, para os médios produtores (Pronamp).

O seguro rural também ganhou destaque no Plano Safra 2019/2020. O orçamento nesta edição do programa é de R$1 bilhão, contra R$440 milhões, em 2019/2019. O valor segurado passou de R$18,6 bilhões para R$42 bilhões. A área segurada saiu de R$6,9 milhões para R$15,6 milhões, com apólices de R$212,100 milhões, ante R$93,900 no Plano Safra anterior.

“Este Plano Safra tem o grande mérito de tratar o agronegócio como um só, pela primeira vez, entendendo que pequenos, médios e grandes agricultores se somam e não são conflitantes”, concluiu Busato.

O vice-presidente da Abrapa e presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (AMPA), destacou a importância da inclusão dos pontos defendidos pela associação nacional e disse que os produtores do Mato Grosso ficaram contentes com o Plano Safra.

 

Fotos

Safra
Dúvidas e informações:
Mais notícias
capa
Visita técnica
Equipe da APIPA realiza visitas para apresentar os programas de sustentabilidade
setembro 20, 2021
08
Relatório Mensal
Relatório Mensal de safra – setembro
setembro 10, 2021
noticias abrapa
Boletim ABRAPA
Boletim de Inteligência de Mercado Abrapa com as principais notícias do mundo do algodão
setembro 10, 2021
WhatsApp Image 2021-09-09 at 16.15.02
Abrapa
Abrapa visita região produtora no Piauí
setembro 9, 2021
capa
Colheita do algodão
PIAUÍ COLHE A MAIOR MÉDIA DE PRODUTIVIDADE DE ALGODÃO EM CAROÇO DAS ÚLTIMAS 10 SAFRAS
setembro 8, 2021
noticias abrapa
Boletim ABRAPA
Boletim de Inteligência de Mercado Abrapa com as principais notícias do mundo do algodão
setembro 3, 2021