Apesar do longo período com chuvas abaixo da média, o cultivo ecológico da fibra resiste na região dos Inhamuns. Tauá é um dos municípios cearenses que se destaca na produção.

Os sete anos seguidos de chuva abaixo da média impactam o setor agropecuário no sertão cearense. Apesar das dificuldades, o cultivo de algodão orgânico resiste na região dos Inhamuns, uma das mais afetadas por questões climáticas. O esforço de produtores de base familiar coloca o Estado em primeiro lugar no Nordeste na produção da cotonicultura sem uso de agrotóxico.

Para 2019, a expectativa é ampliar o plantio ecológico da fibra. Os produtores estão animados com a intenção do governo do Estado de fazer zoneamento e distribuir sementes entre os agricultores interessados. O município de Tauá que é exemplo atual na cotonicultura orgânica quer ser uma das áreas beneficiadas.

O algodão orgânico tem com certificação do Instituto Biodinâmico (IBD). A produção tem venda garantida para empresas que atuam no setor de confecção de roupas e calçados (tênis), que utilizam matérias-primas de origem agroecológica. O preço de comercialização já é conhecido no início de cada ano.

Leia a notícia na íntegra no site do Diário do Nordeste.

Fotos

Algodão
Dúvidas e informações:
Mais notícias
WhatsApp-Image-2022-06-24-at-17.27
Ensaios de algodão
A equipe técnica da Apipa deu início as coletas de amostras de algodão…
junho 27, 2022
GOPR3225
Época de plantio - Em síntese, geralmente, o...
Entenda os principais fatores que afetam o desenvolvimento
junho 23, 2022
nota
Manejo de helicoverpa para safra 2022/2023.
Nota técnica 02/2022 – apipa
junho 8, 2022
IMG-20220520-172236184
A equipe técnica da APIPA participou da 18º edição do AgroBalsas/2022
AGROBALSAS 2022
maio 26, 2022
20220419_173351
A equipe técnica da Apipa
Quarta Rodada Técnica safra 2021/2022
abril 29, 2022
20220314_134403
Entre os dias 11 e 18 de março a APIPA realizou a 3ª Rodada Técnica da Safra 2021/2022...
III Rodada Técnica da APIPA
março 23, 2022