Publicado em 08/07/2020 às 18h00 |

Projeto Social da APIPA proporcionará aumento de renda das famílias produtoras de algodão

Projeto Social da APIPA proporcionará aumento de renda das famílias produtoras de algodão

 Projeto Social da APIPA proporcionará aumento de renda das famílias produtoras de algodão

Com o objetivo de qualificar e de possibilitar o aumento na renda das famílias envolvidas no processo produtivo do algodão, a APIPA – Associação Piauiense de Produtores de Algodão deu início ao projeto social “ O Algodão Transformando Vidas”, focado, inicialmente, nas unidades produtivas Canel e Progresso.. O lançamento aconteceu na sede da Pastoral da Criança, em Uruçuí -PI, no último dia 19 de fevereiro, e contou com um público de aproximadamente 150 pessoas, entre elas, representantes da APIPA, da Pastoral da Criança, do SENAR,  familiares cadastrados nos cursos e comunidade local.

De acordo com o diretor executivo da APIPA, Francisco de Sales, a Associação estruturou o projeto levando em consideração as limitações que muitas vezes impedem as famílias rurais de alcançarem uma melhor qualificação e, consequentemente, uma maior renda. “A APIPA  é uma entidade que leva muito a sério o conceito de responsabilidade social. Dessa forma, procuramos uma forma de minimizar as barreiras que poderiam desestimular as famílias a participarem dos cursos. Então, providenciamos a reforma da Pastoral, tornando-a adequada para a realização das aulas; contratamos transporte para o deslocamento dos que moram mais longe e articulamos o local para a venda inicial dos produtos. Acreditamos que, além das habilidades que serão aprendidas, a noção de empreendedorismo que eles receberão, terá grande impacto na vida dessas famílias”, concluiu Francisco Sales. 

O projeto é financiado pelo IBA – Instituto Brasileiro do Algodão e será realizado em parceria com o SENAR, durante os dois anos de sua duração. As aulas serão ministradas na Pastoral da Criança.  Serão ofertados 11 cursos profissionalizantes em diversos segmentos, tais como: culinária, corte e costura, confecção de bonecas de algodão, bordados e pintura de tecido de algodão e cursos para o associativismo. 

Após a finalização de cada curso, os resultados serão apresentados na praça pública Santo Antônio, durante a Feira da Lua, evento que acontece toda quinta-feira à noite, e que reúne  os pequenos produtores da região. 

Tags

sem tags

Mais notícias