Apipa inicia processo de certificação ABR/Licenciamento BCI- Safra 2018/2019

Em atendimento ao Programa ABR/BCI a APIPA iniciou o processo de certificação ABR/LICENCIAMENTO BCI Safra 2018/2019 entre os dias 11 a 19 de março de 2019.

A equipe da associação estadual, fez a visita de verificação para diagnóstico nas Propriedades com aplicação do VDP nas Unidades Produtivas: Fazenda Canel e Agropecuária Lavoro no município de Uruçuí (PI); Fazenda São Jorge município de Currais (PI) e Fazenda Progresso em Sebastião Leal (PI).

Nesta fase, foi aplicada a lista de Verificação para Diagnóstico da Propriedade (VDP). A aplicação da lista VDP é uma pré-certificação para se avaliar o nível de conformidade da unidade produtiva em relação aos critérios da sustentabilidade e do programa ABR.

O Programa

O Algodão Brasileiro Responsável (ABR) preconiza a evolução contínua das unidades produtivas em relação ao cumprimento dos requisitos de certificação, promovendo a gestão sustentável e a continuidade do negócio; fortalecendo a imagem do algodão produzido no Brasil e a conquista de espaço no crescente mercado do algodão sustentável.

O ABR, assim como a BCI, tem como fundamento o incremento progressivo das boas práticas sociais, ambientais e econômicas nas unidades produtivas de algodão. Ele está imerso nos princípios essenciais do desenvolvimento sustentável, em especial os relativos à regularização das relações trabalhistas; ao cumprimento das normas de saúde e segurança no trabalho, baseadas na Norma Regulamentadora 31; à proibição total do trabalho infantil e da prática de trabalho análogo a escravo ou em condições indignas ou degradantes; à proibição de discriminação de pessoas; à liberdade de associação sindical e apoio à negociação coletiva entre sindicatos laborais e patronais; à proteção legal, uso racional e preservação do meio ambiente e à aplicação de boas práticas agrícolas na produção do algodão brasileiro.

Fechar Menu